Lança Teu Pão! Inf Missionário: Jan/20

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

 
Lança Teu Pão!
Olá Parceiros em Missões,

“Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.” Ecl 11:1

Uma benção começarmos o ano compartilhando de nossas vidas, ministério e de nossos desafios a todos que tem caminhado conosco e tem nos apoiado e nos abençoado. Que a boa mão do Senhor esteja sobre suas vidas e que possamos continuar juntos neste novo ano colaborando com o que o Senhor está fazendo em nosso meio.

Lança Teu Pão!

dsc 7572Temos meditado sobre esta passagem de Eclesiastes, pois precisamos tanto estarmos alinhados com aquilo que é de Deus, que glorifica Seu nome e este texto nos desafia muito. Existem tantas interpretações para este verso 1 a 6 que as vezes escolhemos aquela interpretação que melhor nos convém. O fato é que existe um mistério em lançar o pão sobre as águas e depois de muitos dias pega-lo de volta (V1), da mesma maneira existe um mistério de como se formam os ossos no ventre da que está grávida (V5) e como uma semente germinar e se transformar em uma planta (V6). Por duas vezes neste texto aparece a expressão que não sabemos nada, e como nos identificamos com isto, mesmo que buscamos tanto conhecimento, mesmo que tenhamos tantas informações e experiência de vida, ainda assim não sabemos nada. Dependemos de Deus e o maior desafio para nós não é o mistério de como estas coisas se transformam e sim o fato de não saber de nada, mas somos desafiados a lançar nosso pão na água, exortados a não ficar observando o vento, porque quem faz isto não semeará, ainda não devemos ficar olhando para as nuvens, porque quem fica olhando o tempo não colherá. (V4). Isto não tem haver com o mistério ou o conhecimento e sim com nossas atitudes, por esta razão somos aconselhados a plantar de manhã a nossa semente, e mesmo ao entardecer não deixar que nossas mãos fiquem à toa porque não sabemos qual delas irá produzir ou se as duas (v6). Existe um mistério de Deus que acontece quando a gente tem atitudes e faz aquilo que deve ser feito sem preguiça e sem saber qual será o resultado. Sim, cremos que existe um mistério por traz do cuidado de Deus que não entendemos, olhamos para nossas vidas e perguntamos como Ele fez isto ou aquilo e realmente nos damos conta que foi um milagre. Lançar o pão, repartir com 7 ou 8, semear, diz respeito a nossa parte, aquilo que Deus não vai fazer por nós. Muitos interpretam esta passagem do lado da prosperidade, que você deve lançar seu pão e semear para ter uma abundante colheita de Deus, mas o fato é que quando experimentamos o amor e o cuidado de Deus de uma forma sobrenatural, não fazemos para sermos abençoados, colhermos frutos e sim porque isto glorifica a Deus. Claro que quando buscamos glorificar a Deus seremos abençoados, quando buscamos Ele em primeiro lugar as demais coisas são acrescentadas, mas isto não será a motivação de nosso coração. Uma planta ou uma árvore não produz fruto para si e para que outros desfrutem dela. Poe não saber nada, nós precisamos muito buscar compreender as obras de Deus, o Criador de todas as coisas (v5), precisamos de muita coragem para lançar nosso pão na águas sem saber de como depois de muitos dias iremos pega-lo de novo, precisamos de muita abnegação e estar cheios de Deus para repartir com 7 ou até com 8, precisamos de muita energia para semear e não ficar olhando o vento. Então, lança teu pão!

Ministério

cartajan2020finalComeçamos nossos dias muito animados e empolgados com o que Deus esta fazendo e vai fazer neste ano. Nosso final de ano nunca tinha sido tão corrido como este e com muitas bênçãos. A Campanha do Natal do Refugiado foi muito peculiar, algo novo que jamais tínhamos feito antes, pois em vez de fazer uma única reunião, resolvemos trazer durante 5 dias os refugiados e imigrantes para nossa casa. Aqueles que não puderam vir por alguma outra razão, visitamos suas casas e embora tenha sido exaustivo porque cada um trazia consigo, uma história, uma dor, muitas saudades de seus familiares, país, eles também traziam consigo a incertezas e o medo do futuro. Mas com a ajuda de nossos parceiros e amigos conseguimos abençoar um total de 54 refugiados e imigrantes . Foi uma experiência maravilhosa, porque estivemos com amigos do Congo, Togo, Angola, Guiné Bissau, Gana, Camarões, Benin, Gabão, Senegal, Venezuela e Haiti. Alguns muçulmanos e o mais importante foi a demonstração do amor de Deus para com suas vidas. Nossa intensão foi além de entregar uma cesta de natal e uma bíblia, foi ter um tempo com cada um deles, queríamos conhece-los melhor, estreitar nossos laços de amizades, demonstrar que nos importamos com eles, demonstrar respeito e ouvir sobre suas lutas e suas incertezas, algo que seria impossível fazer em apenas uma reunião. Foi também especial falar do significado do Natal, do nascimento de Jesus e que natal é Deus conosco, é Deus entre nós. Nós não temos ideia do que Deus esta fazendo com nossas ações nestas vidas, mas lançamos o pão sobre as aguas e podemos testemunhar que nós fomos muito abençoados. Foi muito significativo o abraçar e estar com cada um deles, fazendo isto o Senhor nos trazia a memória o que Jesus disse: “fui estrangeiro, e vocês me acolheram” Mat 25:35.

Um diferencial de nosso trabalho missionário entre os refugiados e imigrantes é nosso foco não esta naqueles que já chegaram com sua fé em Cristo. Embora eles também precisam de muita ajuda e temos ajudado dentro das possibilidades, mas eles já estão nas igrejas, assim nosso trabalho missionário é voltado para aqueles refugiados e imigrantes que não são alcançados e que jamais irão a uma igreja, aqueles mais difíceis que ninguém quer buscar, os que exige mais de nós e que dependemos apenas do Espirito Santo para tocar suas vidas. Mesmo tendo a liberdade em nosso meio eles são os mais fechados, suas crenças estão enraizadas em suas mentes e são mais difíceis de testemunhar Jesus. Existem grupos de refugiados no Brasil não alcançados que já estão aqui há mais de 12 anos e nenhum deles foram alcançados e não se sabe de algum cristão entre eles. Este é nosso alvo e por esta razão precisamos muito de orações, de ajuda financeira já que dependemos de ofertas voluntarias para nos manter e precisamos muito de mais missionários e parceiros em nossas equipes, temos muitas oportunidades para desenvolver nosso ministério na América Latina, mas os trabalhadores são poucos. Ore por esta questão.

Também este ano, como nossa equipe cresceu 100% estamos e estamos começando a ano com um equipe 8 missionários e em mais duas cidades, nosso trabalho de cuidado e liderança junto com nossas viagens estarão aumentando de uma forma bem considerável. Estamos indo esta semana para Curitiba, depois eu (Ricardo) estou indo para o Quênia, no retorno iremos para o sul do Brasil, depois para Foz do Iguaçu e outras cidades. Além das viagens temos as conferencias missionárias, igrejas e treinamentos de missionários que já temos agendado para este ano. Por tudo isto será uma grande benção poder contar com suas orações e apoio ao longo desde ano.

Pedidos de Oração:

  • Continue orando pelo Felipe, Moara e Théo. Ore de uma forma muito especial pelos preparativos do casamento do Matheus com Naomi em agosto.
  • Ore por nossa saúde e por nossa segurança em nossas viagens.
  • Ore por nosso Ministério entre os refugiados e imigrantes africanos:
  • Ore por nossa equipe de ministério e nossa liderança sobre os 8 missionários.
  • Ore pelas viagens, Curitiba, Quênia, Sul do Brasil, Foz do Iguaçu.
  • Ore pelos recursos que precisamos levantar para cobrir nossas despesas estas viagens e colocar nosso sustento mensal dentro da nossa realidade.
  • Ore pare que Deus nos ajude a fazer discípulos de muitas nações que estão em nosso meio.
  • Ore para que a igreja brasileira e seus membros saibam acolher o refugiado e o imigrante como Jesus nos acolheu, sem medo, preconceito e com amor. Ore para tenhamos o mesmo coração de Jesus pelo estrangeiro.

Agrademos pelo seu apoio, suas orações, seu cuidado e oramos para que neste ano você lance seu pão sobre as aguas e colha todas as sementes lançadas para que o Senhor seja glorificado em nossas vidas.

Em Cristo, de seus companheiros em missões e que Deus os fortaleça na fé, na perseverança e no amor por Missões.

 

Pr. Ricardo, Tina, Matheus, Felipe, Moara e Théo Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!

OBS: Como família missionária, somos responsáveis por levanta o apoio necessário de oração e de sustento financeiro para realização de nosso ministério missionário. Caso queira ser um parceiro de oração ou de contribuição, por favor nos escreva.

Para Abençoar nosso Ministério:

Nos envie um e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oferta Online através do PagSeguro, Boleto, PayPal:

http://sa.aimint.org/como-participar/contribuindo/miss_83

Ofertas através de ofertas mensais pelo cartão de credito:
30,00 - http://pag.ae/7UrSawJNR
50,00 - http://pag.ae/7UrSb3aHH
75,00 - http://pag.ae/7UrSbpF7H
100,00 - http://pag.ae/7UrSc2FhR
150,00 - http://pag.ae/7UrScmjw2
200,00 - http://pag.ae/7UrScFT-v