Informativo Missionário: Agosto/19

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

 
Agosto/2019 - Acolher, Amar e Alcançar!

Olá Parceiros em Missões,

“Mas, já agora, vos aconselho bom ânimo, porque nenhuma vida se perderá de entre vós, mas somente o navio.. Atos 27:22

Com muita gratidão escrevemos mais este informativo. Sempre temos a intensão de os colocar juntos conosco em nosso ministério, pois tudo que temos feito é porque nossos parceiros estão nos abençoando com suas orações, carinho e no apoio financeiro, assim queremos que cada um deles se sintam parte do que Deus esta realizando através de nós juntos como Corpo de Cristo. Por tudo isso como não demonstrar toda nossa gratidão a todos que fazem parte de nosso projeto missionário e de nossas vidas.

Acolher, Amar e Alcançar!

cartaagosto2019aTivemos uma oportunidade incrível de estar em Malta no mês passado e estar em lugares onde o Apóstolo Paulo esteve por 3 meses no ano 60 DC, um país com apenas 450 mil habitantes. Malta hoje tem se destacado pelo grande número de refugiados que chegam na ilha resgatados em barcos lotados de africanos no meio do Mediterrâneo. Foi nesta ilha que o Apostolo Paulo naufragou com 276 pessoas e nenhuma delas se perderam. Nosso impacto evangelístico com refugiados nos tocou profundamente, pois tivemos a chance de viver este clima de tantos naufrágios, resgates e estar totalmente inserido dentro da crise imigratória. Mesmo estando em lugares diferentes nossa filosofia de ministério não mudou, pois onde estamos e em qualquer situação nossa oração é para que o Senhor nos ajude a Acolher, Amar e Alcançar quem temos tido a oportunidade de conhecer. A diferença foi que ali nós não tínhamos autorização de entrar nos campos de refugiados e nossos dias eram estar em frente a estes locais exercendo estes princípios. Ali conhecíamos os refugiados, conversávamos com eles que não aguentavam o calor dos containers onde moram e Deus nos surpreendia a cada dia com a quantidade de refugiados que pudemos acolher, amar e alcançar mesmo ali na rua. Não precisamos de grandes projetos e de lugares perfeitos para fazer isto, o mais importante era se dispor a estar ali e a cada encontro éramos tocados e nos emocionamos com suas historias de como chegaram ali. Eram histórias de vários dias perdidos no mar, do medo da morte, medo de não dar certo, do medo de continuar sendo rejeitado, de não ter certeza da salvação e junto com tudo isto do pânico que tomavam conta de suas vidas. Para alguns a travessia dura 6 horas e para outros pode chegar até 6 dias até serem resgatados, mas também é fato que centenas nunca chegam e tudo acaba no mar sem seus familiares ficarem sabendo. Muitos relatavam o tempo que ficaram sequestrados e nas mãos do Exercito Isl@mico, não tinha como ouvir tudo isto e não ser tocado por uma compaixão muito grande. Ficávamos pensando neste texto do naufrágio de Paulo em Atos. Como eles precisam serem amados, acolhidos e alcançados pelo Senhor Jesus, embora tenham um lugar para dormir e comer, eles ainda tem falta de muitas coisas básicas e o sonho de ter uma vida melhor esta muito longe de acontecer. Deus nos deu a graça de Amar, Acolher e Alcançar muitos. Pudemos ajuda-los em muitas coisas básicas, mas nunca deixamos de compartilhar que não existe salvação além de Cristo, que nada e nenhum lugar pode salvar suas vidas além de Jesus. Tivemos ousadia de dizer que chegar em terra ainda não são suas últimas braçadas para sobreviver, pois a vida continuará muito difícil e se eles querem mesmo uma vida nova e transformada somente Cristo pode fazer isto. Não queremos apenas amar e acolher, pois alcançar as pessoas com o Evangelho é nossa principal missão. Pensamos no Apostolo Paulo e como Deus usou sua vida neste naufrágio, Deus não orientou ele salvar o navio e sim as vidas que eram preciosas para Deus, podemos amar e acolher e deixa-los supridos em tudo, mas se não tivermos a intensão de alcança-las não cumpriremos nosso chamado. Então perguntamos a você: E você é capaz de amar, acolher e alcançar quem esta perto de você?

Família

Nós estamos bem graças a Deus. Nossos dias estão sendo bem cheio de atividades e é uma grande benção poder estar fazendo o que Deus nos chamou. Nossos filhos estão bem, o Matheus esta de ferias e visitando o Felipe, Moara e o nosso netinho. É uma benção vê-los juntos e ficamos sonhando quando Deus irá nos abençoar para reunirmos a família toda novamente, a ultima vez que estivemos todos juntos foi em janeiro de 2017 e o Théo ainda não tinha chegado, mas louvamos a Deus e não podemos reclamar porque isto é o fluxo normal de nossas vidas. No entanto, seguimos na expectativa da vindo de nosso netinho para o Brasil em setembro. Estejam orando por nossos filhos, por esta viagem do Matheus e pela vinda do Felipe, Moara e Théo em setembro.

Também temos um pedido muito especial de oração como família. Nosso principal objetivo de estar no Brasil era porque sentíamos que precisávamos ajudar nossos pais no final de suas vidas, queríamos honrá-lós e dar nossa contribuição no final de seus dias, assim estabelecemos residência em Londrina para estarmos próximos deles. No entanto, depois que o pai da Tina e a minha mãe em maio foram estar com o Senhor as coisas mudaram. Estamos tentando ouvir o Senhor para os próximos passos, pois mesmo que esperávamos que isto iria acontecer, não imaginávamos que seria tão rápido. Tina e eu estamos orando e pedindo orientação de Deus, pois entendemos que precisamos definir nosso futuro. Ainda que tenhamos um compromisso com a missão de estar o próximo ano de 2020 com o Ministério de Diáspora. Estamos conversando e vendo varias oportunidades de ministério fora do Brasil, mas o principal é que não queremos perder o que Deus tem para nossas vidas e nós não queremos apressar nenhuma decisão. Queremos ouvir de Deus e então começar preparar novamente nossa saída que vai ser um processo longo e com muitos desafios. Por favor, nos ajudem com suas orações e para que tenhamos uma direção para continuar seguindo o que esteja no coração de Deus para nossas vidas.

Ministério

cartaagosto2019bTivemos um mês de Impacto Evangelístico entre Refugiados em Jerez/Espanha e em Malta no mês passado. Em Jerez tivemos o favor do Senhor e foi uma benção. Ali tivemos oportunidades de ver 3 africanos muçulm@anos se rendendo a Jesus e vários refugiados da Síria, Argélia, Líbia, Mauritânia, Iêmen, Senegal, Somali e Sudão interessados em ouvir mais de Jesus. Muitos abriram suas casas para nos receber e conectamos eles com a Igreja Betel que é nossa parceira e tem um centro para Refugiados, onde também construímos um playground para crianças, distribuímos alimentos e organizamos as doações de roupa, foi um tempo muito produtivo com a igreja Em Jerez. Em Malta foi bem diferente, pois se em Jerez os refugiados vinham até o centro de apoio, em Malta não tinha nada, a ilha tem pouco menos de 1.000 crentes, apenas 15 igrejas evangélicas e nenhuma delas estava envolvida com a evangelização dos refugiados. Então nossa estratégia foi estabelecer parceria com uma igreja e ficar em frente aos dois campos de refugiados e tentar um contato com eles, e a cada dia ali nas ruas tínhamos a oportunidade de conversar, compartilhar nossa fé e testemunhar do Senhor. Convidamos alguns para estar conosco em nossa casa para jantar. Fizemos muitos contatos e deixamos para nosso missionário na ilha uma lista com 48 nomes de refugiados de 20 países diferentes que Deus nos deu o privilegio de estar orando e fazendo amizade. Mas em especial o “Muha” da Ghambia e o Ad@ do Sud@ao sido os homens de paz que encontramos por lá e eles tem sido chaves para alcançar muitos refugiados. Nossa igreja parceira se envolveu e conseguimos doações de roupas para mais de 30 pessoas e pudemos treinar e prepara-los para seguir em frente com o trabalho que é muito difícil, pois a situação dos refugiados é muito precária e não existe assistência do governo. Embora eles possam ficar em Malta a vida deles é muito difícil e muitos simplesmente sobrevivem a cada dia. Voltamos com mais um capitulo de uma história de fé e muitas bênçãos em Jerez/Espanha e em Malta.

Agora estamos seguindo com nosso ministério entre refugiados no Brasil e pedimos que estejam orando pelos cursos que estamos tendo de Evangelismo de Refugiados e Muçulm@nos em diferentes igrejas. Orem para que Deus continue nos usando e em especial para que nossos parceiros continuem o trabalho que ajudamos iniciar em Malta e os que tem sido alcançados em Jerez. Sim, precisamos muito de suas orações, pois elas tem sido nosso combustível para alcançar os refugiados, imigrantes e no treinamento da igreja local.

Obrigado por todo seu apoio e suas orações. Seguimos juntos na Grande Comissão e que Deus os fortaleça na fé, na perseverança e no amor por Missões.

 

Pr. Ricardo, Tina, Matheus, Felipe, Moara e Théo Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!

OBS: Como família missionária, somos responsáveis por levanta o apoio necessário de oração e de sustento financeiro para realização de nosso ministério missionário. Caso queira ser um parceiro de oração ou de contribuição, por favor nos escreva.

Para Abençoar nosso Ministério:

Nos envie um e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oferta Online através do PagSeguro, Boleto, PayPal:

http://sa.aimint.org/como-participar/contribuindo/miss_83

Ofertas através de ofertas mensais pelo cartão de credito:
30,00 - http://pag.ae/7UrSawJNR
50,00 - http://pag.ae/7UrSb3aHH
75,00 - http://pag.ae/7UrSbpF7H
100,00 - http://pag.ae/7UrSc2FhR
150,00 - http://pag.ae/7UrScmjw2
200,00 - http://pag.ae/7UrScFT-v