20 Anos! Feb22

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

Olá Parceiros em Missões, 

“Até aqui nos ajudou o Senhor” 1Sm 7:12

Escrevemos nossos informativos com o desejo não apenas de passar informações, mas para que possam se sentir parte de tudo que Deus tem feito através de nossas vidas e ministério, pois ao longo de mais de vinte anos Ele tem usado cada um de vocês para nos manter em oração, encorajar com sua amizade e nos abençoar financeiramente nesta jornada missionária. Somos gratos por todos que estão caminhando conosco desde que começamos e não desistiram de nós, também somos gratos aos que se juntaram a nós ao logo do tempo. Oramos para que Deus retribuía a suas vidas, suas igrejas e seus negócios com muitas bênçãos.

20 Anos!

20 anos campo missionario22Já faz mais de 28 anos que estamos envolvidos com a obra missionária, 22 de tempo integral e foi no dia 4/02/2002 que chegamos na África com nossos filhos pequenos. Nossos corações estavam cheios de expectativas, muitas incertezas, mas com o desejo maior de servir ao Senhor entre povos africanos não alcançados, pois foram sete anos se preparando, estudando, orando e ouvindo o Senhor. Ao olhar para trás nestes vinte anos podemos reconhecer que em tempo de conquistas, alegrias e no meio a terríveis batalhas Deus não se ausentou. Ele esteve sempre conosco nos dias maus e nos dias bons. Sua mão nos trouxe consolo, disciplina nos tempos difíceis e Sua maravilhosa presença nos dirigiu, acolheu e muitas vezes nos acalmou. Mas de tudo o que podemos tirar de mais precioso nestes anos servindo ao Senhor em missões fora do Brasil é que nunca foi fácil, seguir este caminho que Ele nos propôs foi sempre um grande desafio. Primeiro porque somos limitados, cheios de tantos temores e nos sentimos tão incapacitados para esta grande obra do Senhor. Também porque seguir o Senhor sempre foi e tem sido muito difícil porque até as coisas que parecem mais simples e que todos dizem que é tranquilo, para nós é um grande desafio e temos que constantemente nos alinharmos ao Senhor e reconhecer que dependemos Dele para tudo. Sim, parece que tudo que fazemos Deus torna mais difícil para que tenhamos a plena convicção que não fomos nós ou por causa de alguém que fizemos ou que chegamos aonde estamos por méritos e sim porque Ele nos trouxe. Assim, podemos dar toda glória somente ao Senhor e declarar nossa gratidão, louvor e adoração por estes anos de ministério.  Nossa certeza é que o nosso futuro, nossos dias, meses e anos estão nas mãos de um Deus que Ele é fiel e sempre será para cuidar de nós. Isto nos conduz com convicção para o alvo, tendo como trilho a fidelidade de Deus sobre nós. Nestes anos todos Ele nunca nos deixou faltar nada e é maravilhoso ver como Ele tem usado pessoas tão queridas que são como anjos para nos abençoar e andar conosco. Nosso desejo e continuar com fé o caminho que Ele nos propôs e com sua graça continuar sendo usados para servir entre os refugiados e imigrantes.

Ministério

Completamos 4 meses de Almería e ainda não conseguimos resolver algumas questões burocráticas com relação a nossa autorização de permanência aqui, já faz um mês que demos entrada no recurso e ainda não obtivemos nenhum retorno e isto nos deixa muito limitados. Seguimos com o cuidado de missionários, com as classes de língua, ajudando a igreja parceira, estudo bíblico com homens em casa, a Tina esta discipulando duas mulheres, estamos orando e planejando como podemos desenvolver o ministério, mas não podemos assumir compromissos e começar algo mais efetivo enquanto não tivermos uma definição de nossa autorização de residência. Por esta razão, este é um ponto que precisamos muito de suas preciosas orações. Cremos no controle de Deus e estamos esperando que Ele nos ajude e sendo de Sua vontade possamos resolver estas questões este mês.

Neste pouco tempo aqui na região vamos conhecendo melhor os lugares, a realidade dos imigrantes e refugiados. Isto vai produzindo em nós uma mistura de sentimentos pelo local, entre admiração pelas belezas naturais, a curiosidade de suas construções antigas que remontam suas origens e história, o entusiasmo em conhecer muitas pessoas de diferentes partes do mundo, a satisfação de desfrutar de sua culinária, mas ainda podemos descrever os sentimentos de decepção ao ver todos dias este mar de plásticos formado pelos invernadeiros (estufas) que tiram collageo brilho de muitos lugares lindos, a tristeza de conhecer as muitas histórias dramáticas que os refugiados e imigrantes passaram e estão experimentando. O assombro que nos causa de ver as condições e a realidade em que vivem aqui. Esta é uma parte invisível da região que pouca se fala, que não se mostra, que pouco se investe e que quase todos desconhecem. Imigrantes e refugiados vivendo em lugares onde não se tem luz, água, suas moradias são pequenas feitas provisoriamente de papelão, madeira e plásticos onde falta higiene e limpeza como temos o Brasil, na América Latina, África e aqui são chamadas de Chabolas (favelas) ou assentamentos onde outros excluídos da sociedade também compartilham do mesmo ambiente, mas são bem menos. Assim, vamos entendendo todo o processo que eles passam, a chegada de muitos em “pateras” (embarcações usadas pelos refugiados para chegar clandestinamente à costa da Espanha) a detenção nos Centro Temporal de Atenção ao Estrangeiros (CATE) por um período, depois a liberdade, a busca pelos papeis, pedidos de asilo e assim muitos sem os documentos necessário e a ajuda ou apoio acabam nas Chabolas ou Guetos de refugiados onde estão vulneráveis as questões de trabalho escravo, prostituição e ao crime.  Um Senegalês disse que: “Em meus sonhos mais loucos, nunca havia imaginado que viveria assim, nem na África vivemos assim”, com muitas destas informações vamos aprendendo de suas vidas, seus traumas, suas necessidades e como podemos construir pontes que os ajudem a ter uma vida transformada.  

Assim vemos grandes desafios pela frente e nosso desejo é muito grande de poder começar logo nosso plano de trabalho e contribuir com o que Deus já está fazendo aqui. Contamos com seu apoio e que você continue caminhando conosco nesta jornada missionária.

Pedidos de Oração:

  • Ore pela proteção, cuidado e saúde de nossos filhos, noras e netos.
  • Ore por nossas vidas, saúde e sustento financeiro.
  • Esteja orando pela aprovação do recurso de nosso pedido de residência, para que se Deus assim permitir possamos ter um parecer favorável e seguir aqui com o ministério entre refugiados.
  • Ore pelos milhares de refugiados que estão diariamente arriscando suas vidas no Mar Mediterrânea para chegar na Europa. 4,4 mil imigrantes morreram em 2021 na travessia tentando chegar à Espanha.
  • Ore pela nossa igreja parceira e nossa equipe de ministério aqui em Almería.

Que o Senhor em sua muita graça e bondade continue abençoando muito sua vida e seguimos juntos orando uns pelos outros e esperamos que continue nos acompanhando nas redes sociais. Oramos para que Deus os proteja, os fortaleça na fé, na perseverança e no amor por Missões.

Em Cristo Jesus nossa única esperança.

Pr. Ricardo, Tina, Matheus, Naomi, Felipe, Moara, Théo & Lucas Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

OBS: Como família missionária, somos responsáveis por levanta o apoio necessário de oração e de sustento financeiro para realização de nosso ministério missionário. Caso queira ser um parceiro de oração ou de contribuição, por favor nos escreva. Contamos com seu apoio!

Para Abençoar nosso Ministério:

logo pix icone 512
   PIX: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

índiceBanco Bradesco (237): Ricardo M Matioli

Agência 560  -  Conta corrente: 112034-4

banco do brasilBanco do Brasil (001) ): Ricardo M Matiol

Agência 3509-2 - Conta corrente: 8355-0


rotapécartadeoracao2021