A Gente Se Acostuma! Fevereiro/21

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

A Gente Se Acostuma!
Olá Parceiros em Missões,
 .
“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento..." Rom 12:2

A cada mês que escrevemos nosso informativo temos em nosso coração a intenção de não apenas agradecer e passar informações sobre nossas vidas e ministério, mas nosso maior desejo é que cada um se sinta parte de tudo que Deus tem feito através de nossas vidas, que vocês possam sentir nosso coração, ouvir nosso clamor pelo perdido e ver nossa paixão pelo Senhor e por seu povo. Assim agradecemos a cada que tem separado um tempinho para estar orando, nos apoiando e fazendo parte de nossas vidas.

A Gente Se Acostuma!

AGENTESEACOSTUMAConversando com uma grande amiga alguns dias atrás, falamos sobre uma crônica de Marina Colasanti chamada: Eu Sei, Mas Não Devia. Nossa conversa era sobre como lidamos com as injustiças presentes no mundo e que não deveríamos nos acostumar com elas. Sem duvida nenhuma Colasanti fala sobre a velocidade do tempo em que vivemos, que nos obriga a avançar sem apreciar o que está ao nosso redor e do perigo da rotina que pode nos tornar apáticos, ou sem reação e muitas vezes sem empatia com o nosso próximo. Quando a gente se acostuma com aquilo que esta ao nosso redor e não buscamos transformação, nos tornamos meros espectadores e perdemos o que Deus tem de melhor para nossas vidas. Mas o que mais me chama atenção é se eu não me acostumei com a Bíblia, com a igreja, com os sermões, com os estudos, com as minhas orações e se elas não se tornaram apenas repetições e não sou mais tocado por tudo aquilo que vem do céu. Sim, escrevo com temor pensando se os meus costumes estão longe dos propósitos que Deus tem para minha vida. Fico pensando se ao ver a dor do meu próximo, a causa dos refugiados, dos imigrantes que Tina e eu estamos envolvidos ou dos menos favorecidos eu já não me acostumei com estas questões. Fico pensando se como filho de Deus e conhecedor de suas promessas e Sua palavra já não me acostumei com elas, se isto não me permite mais ouvir Deus e seguir Seu caminho, ou ainda se não me acostumei com meus pecados e eles se tornaram como algo normal. Como a gente se acostuma fácil com algumas situações, as vezes é algo bom, mas na maioria das vezes nós não devíamos nos acostumar. Colasanti disse que “a gente se acostuma para poupar a vida que aos poucos se gasta e, que gasta, de tanto acostumar”. Mas o que me toca mesmo é o Aposto Paulo que me desafia a não me conformar com este mundo, como fica claro nas Escrituras que não podemos nos conformar ou se acostumar com a miséria, fome, roubo, corrupção, alcoolismo, drogas, mentira, com a injustiça e a destruição da família, etc. Meu maior desafio nestes dias como discípulo de Jesus é não me acostumar com a Sua obra e amar mais o serviço do que o Senhor que me comissionou. Que Deus nos abençoe e nos conceda graça e misericórdia, para não nos acostumarmos com nossas rotinas e deixar que elas nos tornem insensíveis a Sua voz e cegos ao que Ele quer nos mostrar. Que o Senhor nos ajude e nos dirija com seu Espirito a vencer esta grande batalha de querer se acostumar com aquilo que Deus não gostaria.

Família

Passado mais um mês e Deus continua misericordioso e bondoso para com nossas vidas. Tivemos alguns sintomas nestes dias atrás e tivemos que fazer teste para Covid e graças a Deus deu negativo e cremos que era alguma indisposição. Seguimos nos cuidando e tentando ao máximo fazer o que Deus nos chamou como família com muita prudência e cuidado. Temos alguns desafios para os próximos meses e gostaríamos de contar com suas orações por nossa família. Com a graça de Deus a Moara, o Felipe , o Lucas e o Théo estão bem graças. A cada fotinha e vídeo do Lucas o desejo de conhece-lo e estar com ele é muito grande, ele esta muito lindo e esperamos em breve poder estar com eles. O Matheus e a Naomi seguem bem e a quarentena com muitas limitações e ainda eles terão mais este mês de quarentena pela frente. Continuamos contando com suas orações pelos nossos filhos e netos.

Ministério

IMG 8930Vivemos tempos de mudanças rápidas e de incertezas com relação ao amanhã. Estávamos felizes que alguns refugiados tinham nos dito que não precisariam de assistência com as cestas de alimento, higiene e limpeza para o mês de janeiro, no entanto, quase no final do mês tivemos que socorrer alguns, pois não estao conseguindo suprir algumas necessidades básicas.  Assim mesmo com nossas limitações conseguimos ajuda-los e somos gratos porque Deus tem nos abençoado com parceiros e igrejas que são uma benção e podemos contar na hora que precisamos. Assim vamos dividindo nosso tempo com estes refugiados em ajudar, aconselhar e mostrar que só existe um Caminho que é Jesus. Também estamos muito felizes que o grupo de missionários que temos tido oportunidade de fazer um cuidado pastoral tem crescido e temos sido muito encorajados em se colocar a disposição de missionários em diferentes partes do mundo e do Brasil. Continue orando por nosso ministério.

Também estamos diante de tomar uma grande decisão sobre nosso futuro. Como todos sabem quando voltamos do Quênia o objetivo principal era ajudar a cuidar de nossos pais que estavam no final de suas vidas pelo menos por quatro anos e então se envolver com o cuidado pastoral de missionários. Com o tempo descobrimos os refugiados africanos e a missão resolveu nos colocar neste ministério. Assim nossos pais foram estar com o Senhor mais rápido que imaginávamos, o tempo passou e esta forte convicção de voltar para o campo transcultural esta cada vez mais forte e assim além de começamos a orar, começamos também a planejar nosso retorno para o campo missionário transcultural ainda este ano se Deus assim permitir. Nosso desejo é seguir servindo entre refugiados em algum país que tenha mais necessidade desde ministério que aqui no Brasil. Temos algumas opções pela frente e neste momento queremos mesmo é não se acostumar com o que temos feito,  e não perder a direção que o Senhor nos propôs,  e estar dentro da vontade de Deus mesmo que isto nos leve a deixar a segurança e o conforto que temos hoje no Brasil. Mesmo que estes sejam nossos planos continuaremos desenvolvendo nosso ministério aqui no Brasil da mesma forma até nossa saída e será um período de transição. Contamos com suas orações e apoio como sempre.

Que o Senhor esteja abençoando muito sua vida, seguimos juntos orando para que Deus os proteja, os fortaleça na fé, na perseverança e no amor por Missões.

 

Pr. Ricardo, Tina, Matheus, Naomi, Felipe, Moara, Théo & Lucas Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

OBS: Como família missionária, somos responsáveis por levanta o apoio necessário de oração e de sustento financeiro para realização de nosso ministério missionário. Caso queira ser um parceiro de oração ou de contribuição, por favor nos escreva.

Para Abençoar nosso Ministério:

Bradesco SA: ag 560 - conta corrente: 112.034-4

PIX chave: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

rotapécartadeoracao2021