Natal do Refugiado 2019!

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

Natal se Celebra

 Nosso projeto missionário tem como objetivo ajudar a igreja brasileira a entender quem são eles e como podemos acolher, amar e alcança-los. Cremos que nós cristãos somos a única comunidade de fé mais preparada para acolher o estrangeiro e somos um instrumento divino para oferecer acolhimento. Pensando na comunidade de refugiados e imigrantes que estamos envolvidos e de nossa experiência de morar fora do Brasil, de como é difícil estar longe de nossos familiares e amigos neste final de ano. Assim, nós resolvemos criar um projeto para estar ajudando estes refugiados e imigrantes a terem um final de ano um pouco diferente, doando uma cesta de natal com algumas necessidades básicas e uma bíblia para demonstrar que amamos e nos importamos com eles...

Informativo Missionário: Novembro/2019

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

Screen Shot 2019 11 14 at 9.48.42 AM

 Estamos fechando o ano com um crescimento de 100% em nossa equipe de Diáspora (ministério entre refugiados e imigrantes) e começaremos o ano de 2020 com 8 missionários debaixo de nossa responsabilidade , portanto conforme nosso ministério vai crescendo e o número de membros em nossas equipes estão aumentando, isto  gera também uma serie de cuidados, estratégia, trabalho e consequentemente nos leva a ter um custo maior de ministério, com mais viagens pelo Brasil, custos maiores que envolvem ajuda financeira, de alimentos, moradia e alguns socorros pontuais aos refugiados. Enfim...

Informativo Missionário: Agosto/2019 Acolher, Amar e Alcançar!

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

cartaagosto2019a

 

Tivemos uma oportunidade incrível de estar em Malta no mês passado e estar em lugares onde o Apóstolo Paulo esteve por 3 meses no ano 60 DC, um país com apenas 450 mil habitantes. Malta hoje tem se destacado pelo grande número de refugiados que chegam na ilha resgatados em barcos lotados de africanos no meio do Mediterrâneo. Foi nesta ilha que o Apostolo Paulo naufragou com 276 pessoas e nenhuma delas se perderam. Nosso impacto evangelístico com refugiados nos tocou profundamente, pois tivemos a chance de viver este clima de tantos naufrágios, resgates e estar totalmente inserido dentro da crise imigratória. Mesmo estando em lugares diferentes nossa filosofia de ministério não mudou, pois onde estamos e em qualquer situação nossa oração é para que o Senhor nos ajude a Acolher, Amar e Alcançar quem temos tido a oportunidade...

Informativo Missionário: Junho/19

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

CartaJunhoDSC 1347 2Nossa viagem a Jerez e Malta tem como objetivo fazer parte de uma equipe da AIM Diáspora onde estaremos participando de um impacto evangelístico entre os refugiados vindos da África. Temos recebido bastante informações do campo e o aumento de naufrágios e resgates de refugiados no Mediterrâneo nos últimos dias mostra que a temporada de barcos de imigrantes africanos chegando em Malta já começou e os desafios que teremos são grandes. Muitos estão chegando e o mais difícil é que este ano já morreram mais de 400 pessoas e crianças nesta travessia. Toda semana vários são resgatados, nossa missão esta ajudando no apoio com nossas igrejas parceiras e nós vamos pela primeira vez fazer parte desta equipe. Por favor, esteja orando para que Deus nos dê graça, abençoe este tempo...

Informativo Missionário: Maio/19

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

Idasevindas y27W f wrjORYgHá 19 anos quando começamos nossa jornada missionária não imaginávamos que ela seria feita de tantos encontros e despedidas. Fomos muito bem preparados para novos encontros em novas culturas, com novas pessoas, mas nunca fomos preparados para as despedidas. Depois de todos estes anos podemos ensinar nossos novos missionários o porque não tem como se preparar para dizer “goodbye”. A razão é muito simples, não existem despedidas fáceis, umas são mais difíceis que as outras, depende muito de quem e de onde estamos, na verdade no final vai ser sempre “bad”bye no sentido que elas estão cheias de sentimentos e emoções que provocam muitas vezes dor e sofrimento. Quando estas despedidas envolvem nossos familiares mais chegados elas se tornam muito mais dolorosas. Nestes 19 anos servindo em missões foram tantas despedidas de nossos familiares que perdemos a conta, em uma....