Carta de Oração: Jul/17 – Ameaça ou Oportunidade!

Escrito por Ricardo Matioli Ligado . Publicado em Cartas de Oração

 
Julho/2017 - Ameça ou Oportunidade!

Olá Parceiros em Missões,
 

“Deus não nos deu espirito de medo, mas de poder, de amor e de moderação” 2Tim 1:7

Saudamos a todos com a graça e paz de nosso Senhor Jesus. Nos últimos dias temos enfrentado algumas situações muito difíceis, mas Deus tem nos ensinado a caminhar cada vez mais em sua dependência. Quando vemos ao nosso redor os grandes desafios que temos em todas as áreas de nossa vida, seja no ministério, na família e em nossa fé, temos mesmo que depender Dele para todas as coisas.

Ameaça ou Oportunidade!

Untitled1Quando chegamos em Cape Town (África do Sul) em 2002, logo começamos a nos envolver com um ministério entre os "m", e o que nos tocou muito foi acompanhar esta igreja evangélica ao lado que foi vendida e aos poucos foi se transformando em uma Mesquit@. Foi neste contexto que começamos nosso treinamento e tivemos experiências que mudariam as nossas vidas, nosso ministério e nossa visão. Foi neste lugar que pela primeira vez conhecemos cristãos que negaram sua fé em Cristo e se tornaram "m". Aprendemos muito e quando chegamos no Quênia para ter um ministério entre os refugiados “S” que são classificados como radicais, enfrentamos muitas dificuldades. No entanto, em todos estes anos de ministério na África, nossa maior dificuldade além de evangelizar este grupo era treinar e preparar a igreja local na África para enfrentar este desafio e tentar mudar a visão que eles tinham com relação a este grupo. Fizemos isto com muita paixão e um dos maiores obstáculos que tivemos e o que impedia o ministério entre os muçulmanos era o medo com que os cristãos e as igrejas tinham para este grupo e como os viam mais como uma ameaça do que como uma oportunidade que Deus estava nos dando para alcançar tantos refugiados. Agora aqui no Brasil estamos vendo a mesma coisa se repetir, os cristãos estão obtendo informações de fontes tendenciosas e sensacionalistas sobre de como os mulçumanos são uma ameaça para o nosso Brasil, e isto está prejudicando a correta visão de como amar e alcançar este grupo de refugiados e imigrantes no Brasil, ainda o que é mais triste que estas informações têm gerado medo e receio por parte da igreja brasileira. Parece que nos esquecemos das últimas palavras de Paulo a Timóteo dizendo: “que Deus não nos deu espirito de medo, mas de poder, de amor e de moderação” 2Tim 1:7. Nós temos dois caminhos a seguir ou vê-los como uma ameaça, não fazermos nada, ficarmos espalhando o medo e que estamos perdidos ou vermos como uma grande oportunidade que Deus está dando a cada cristão brasileiro e a igreja para nos unirmos a Ele nesta grande tarefa de alcança-los em nossa nação sem precisar sair de casa. Qual caminho que você gostaria de seguir? Você pode se juntar a nós nesta tarefa de alcança-los. Quer saber como, nos escreva.

Família – Ministério

Nós estamos todos bem por causa da graça e do cuidado de Deus. Temos tido uma rotina muito intensa, missionários ficando em nossa casa, compromissos, viagens e o ministério de cuidado pastoral nunca foram tão intensos como nestes últimos meses. Com tudo isto as vezes nos sentimos bem cansados emocionalmente, mas ao mesmo tempo estamos fazendo o que Deus nos tem proposto e fazemos tudo isto com muito amor, zelo e cuidado. O Felipe e a Moara estão bem graças a Deus seguem a rotina deles e o ministério entre estudantes internacionais. O Matheus está bem e se ajustando a nova vida, ministério com a igreja e o fato de estar longe de todos nós. Somos gratos a Deus por ver a bondade de Deus presente em nossas vidas e ministério.

Nosso ministério seja com a mobilização e treinamento tem sido uma grande benção, poder visitar igrejas, desafiá-las para missões, falar de como cada um pode se evolver em missões e ver Deus chamando não apenas jovens solteiros para o campo, mais famílias com filhos pequenos tem sido algo encorajador, especialmente porque temos tido a chance de mentorear muitos desses vocacionados e temos visto como Deus está fazendo algo muito lindo em suas vidas. No cuidado pastoral de missionários tem sido um grande privilegio, tivemos conosco uma missionária em nossa casa por quase dois meses se tratando e foi uma grande benção para ela e para nós! Também estaremos recebendo mais 3 missionários na próxima semana, um missionário e um casal. Estar em contato com nossos missionários no campo também tem sido muito bom, nunca usamos tanto o Skype e o WhatsApp como nestes dias, como a tecnologia tem ajudado nosso ministério. Hoje existe muita tecnologia que não estavam disponíveis quando chegamos em África e algumas de nossas cartas levavam até 8 meses para chegar aos nossos parceiros e a internet ainda era dial-up com a velocidade de 45k. Usando esta tecnologia, nunca imaginávamos que a necessidade de cuidado de missionários era tão grande e hoje temos até atendido missionários de outras organizações. Também louvamos a Deus porque temos podido contar com o apoio de muitos irmãos e irmãs que tem nos ajudado muito quando estes missionários passam por aqui com tratamento médico, de dentista, fonoaudiologia e outras especialidades, alguns que não podem estar aqui são atendidos via Internet e tem sido muito importante receber toda esta ajuda, louvamos a Deus por eles. Por esta razão precisamos muito continuar contando com seu apoio e suas preciosas orações.    

Também a MIAF traduziu para o português um treinamento na área de Islamismo chamado “Revelando” que usava-mos com as igrejas no Quênia. O objetivo é desafiar e ajudar a igreja brasileira a vencer todos os obstáculos e se envolver neste ministério. Neste treinamento além de conhecer mais de perto o "I", abordamos também algumas soluções que podem levar os cristãos a estarem melhor preparados para alcança-los e ama-los. Caso queria maiores informações deste treinamento e adquirir este material por R$ 4,00 entre em contato conosco!

Pedido Especial de Oração pelo Quênia!

Esse é um momento decisivo para o Quênia. Conforme as eleições se aproximam do dia 8 de agosto o número de pedidos de oração de pastores amigos nossos tem vindo com relatos de que a tensão e as incertezas começam a crescer trazendo assim uma certa ameaça ao processo eleitoral e a paz no país. Em 2007 quando nossa família e dois jovens filhos de missionários ficamos confinados em nossa casa por mais de 10 dias e milhares de pessoas foram apanhadas de surpresa no sangrento e violento período pós-eleições onde mais de mil pessoas morreram como resultado da escalada da violência. Um dos pedidos de oração que recebemos: "Ore pela paz. Nós não queremos ver ou viver outra crise no Quênia. Queremos eleger nossos governantes em paz e, para isso, precisamos da sabedoria de Deus para a tomada de decisões e Sua proteção quanto aos problemas mal solucionados." Por esta razão ore pelo Quênia, pois além de termos muitos colegas missionários no país temos também muitos amigos e queremos muito bem esta nação que sempre foi nossa segunda casa.

Somos gratos a Deus por suas vidas e por todo suporte que temos recebido de todos vocês. Entendemos que só estamos firmes e progredindo porque existe um exército de apoiadores e intercessores em nossa retaguarda, e você faz parte deste exército, louvado seja o Senhor.
Nosso abraço em Cristo, nossa esperança,
 

Pr. Ricardo, Tina, Matheus, Felipe e Moara Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!


Para Abençoar nosso Ministério:

Nos envie um e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oferta Online através do PagSeguro, Boleto, PayPal:

http://sa.aimint.org/como-participar/contribuindo/miss_83